Os gregos antigos já utilizavam a bardana como medicamento, enquanto na Idade Média, a bardana esteve presente em milhares de formulações destinadas a cura. Os japoneses e chineses também utilizavam desde séculos passados, em sua alimentação como também para fins curativos.

Em nosso artigo falamos sobre todos os benefícios que a bardana pode nos trazer, o que realmente é bardana, se é mito ou verdade que ela realmente emagrece e muito mais. Acompanhe.

Chá de bardana

O chá de bardana é um excelente aliado em tratamentos de úlceras estomacais, tratamentos capilares, evita o surgimento do câncer e pedras nos rins

Raiz de bardana

A a bardana é riquíssima em propriedades medicinais, especialmente a raiz, com uma textura macia e sabor suave, é um alimento muito rico em nutrientes,

Receitas de bardana

A raiz de bardana é muito popular na culinária asiática, sobretudo japonesa, temos a receita básica de refogado e tambem o Kimpirá, um prato muito comum feito com esta raiz

Quais as propriedades medicinais da bardana?

A bardana tem excelentes propriedades, dentre as quais devemos ressaltar sua ação anti-inflamatória, adstringente, antisséptica, antimicrobiana, calmante, bactericida, depurativa, cicatrizante, tônica, fungicida, sudorífica e diurética. Ao combinar suas propriedades, a bardana ingerida, mesmo como chá ou na alimentação, tem alta ação depurativa do nosso sistema hepático e é onde ela comumente é mais utilizada.

Quais as indicações para a utilização de bardana?

A bardana pode ser utilizada para diferentes fins, em especial para pessoas que sofrem de problemas renais (cálculos renais), artrite, abscessos, bronquite, cólicas, feridas, problemas de cabelo e de pele, hemorroidas, obstipação e etc.

Diversos estudos também apontam a bardana, como excelente auxílio para pessoas que sofrem de diabetes. Porém, existem casos também de que seu excesso, pode causar o efeito colateral que age exatamente ao contrário, ou seja, podem causar o aumento dos níveis de açúcar no sangue, então é bom consultar um médico especialista e considerar se será ou não válido a utilização da bardana para esses fins.

A bardana é recomendada para pessoas que sofrem com dores fortes, ocasionadas pelo reumatismo, dores ósseas e musculares e torções. É comumente utilizada para estes fins, como emplastro aquecido, no qual pode ser utilizada toda a parte da planta e não somente sua raiz.

Outro excelente resultado que a bardana apresenta, é no tratamento de eczemas e acnes, podendo ser utilizada como chá para ocorrer a desintoxicação hepática, fazendo como se fosse um refogado de suas folhas. Ou então, por via externa, no qual a pessoa deve lavar a região afetada, com o chá da planta e também aplicar o emplastro feito a partir de suas folhas picadas e previamente aquecidas.

Aliás, se você também sofre de problemas no couro cabeludo, como seborreia e caspa, pode apostar no óleo de bardana. Que na realidade, é uma mistura de óleo de gergelim e raiz de bardana, até porque a bardana não é uma planta que produza nenhum tipo de óleo essencial.

Através da mistura do óleo de gergelim, unido do macerado da planta, é possível a criação de um óleo para ser utilizado em aplicações para problemas capilares, trazendo excelentes resultados!

Afinal, bardana realmente emagrece?

Muitas pessoas tem a dúvida se realmente a bardana emagrece ou não. A resposta é que sim, realmente a bardana auxilia no processo de emagrecimento. Como? Agindo de uma maneira indireta, fazendo com que nosso organismo funcione de uma maneira mais funcional, ocorrendo dessa maneira, menor absorção de gordura.

Como já falamos acima, a bardana é uma planta que consegue controlar os níveis de açúcar de nossa corrente sanguínea, como também possui alto poder diurético, favorecendo na eliminação de toxinas que não fazem bem para o nosso organismo, e que estão totalmente na contramão de quem deseja perder peso.

Não podemos deixar de falar sobre como a bardana auxilia na saúde de nosso sistema digestivo, reduzindo aqueles famosos desconfortos abdominais, que são comuns quando resolvemos aplicar planos alimentares, que sejam destinados para maior queima de calorias.

Por fim, deve-se ter alguma precaução na utilização da bardana?

Na utilização da bardana como alimentação, não existe contraindicação alguma, em especial qual é ingerida junto de diferentes tipos de alimentos. Não existem informações que sejam realmente plausíveis para realmente existir uma contraindicação, mesmo que seja para fins medicinais.

Existem alguns casos alérgicos, de pessoas que já sejam alérgicas a flores e/ou alguns tipos de ervas, por isso é muito importante sempre efetuar um teste, a partir da dosagem mínima, para realmente saber se você pode sentir algum efeito contraditório ou não. Não perca mais tempo e comece você também a utilizar essa excelente planta que somente irá lhe trazer inúmeros benefícios!

Certamente isso também lhe interessará:

 

Se você gostou, não esqueça de avaliar o artigo

Avaliação: 0/5 (0 votos)
Por favor, ajude-nos a compartilhar esta página em suas redes sociais para que possamos alcançar mais pessoas que precisam de nossa ajuda nesses temas. Você só precisa clicar em um dos botões abaixo. Obrigado!

Participa, deixe seu comentário